Thammy Miranda anuncia saída do PL após filiação de Bolsonaro ao partido

Nesta terça-feira (30), o vereador Thammy Miranda, anunciou nas redes sociais a sua saída do Partido Liberal (PL), depois da filiação do presidente Jair Bolsonaro à legenda. A justificativa do parlamentar é de que seus ideais são incompatíveis com o atual mandatário.

No vídeo publicado pelo vereador paulista, Thammy declara que, além de possuírem opiniões diferentes, afirma que já foi pessoalmente ofendido pela família do presidente.

“Com a ida do presidente para o Partido Liberal, o PL, o partido do qual eu faço parte, eu tô dando entrada na minha desfiliação. Eu vou sair do partido. A gente tem ideias diferentes, além de que, já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente, inclusive contra meu filho, quando ainda era recém-nascido”, ressaltou.

Thammy foi o primeiro homem trans eleito para a Câmara Municipal de São Paulo e acredita que seu trabalho é lutar para representar aquelas pessoas que ‘não eram enxergadas’.

“Não entrei na política para atacar ninguém ou desrespeitar qualquer pessoa que seja. Eu não entrei para lutar contra políticos, e sim para lutar pela nossa gente. Meu foco é trabalhar, representar as pessoas, principalmente quem não se sentia representada, aquelas pessoas que não eram enxergadas por ninguém”, declarou o vereador.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *