Silas Malafaia entra de vez na política e passa a comandar o DEM no Rio de Janeiro

O Democratas do Rio de Janeiro virou um partido de evangélicos, isso que se observa na intervenção feita pelo presidente nacional do partido, ACM Neto, na executiva estadual do DEM. O partido que era presidido no RJ pelo vereador Cesar Maia, agora passa a ser presidido pelo deputado federal Sóstenes Cavalcante, afilhado do pastor Silas Malafaia.

Sóstenes é membro da Assembleia de Deus, e mais que isso, é um dos maiores defensores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dentro do Democratas. Nascido em Alagoas, ele foi um forte crítico do isolamento social e chegou a ser internado com Covid-19.

Na tesouraria do DEM-RJ foi colocada uma assessora de Sóstenes, Andrea Desiderati. Enquanto os outros membros da Executiva passaram a ser o deputado federal Juninho do Pneu, o deputado federal Marcos Soares, filho do missionário R.R. Soares, e o deputado estadual Samuel Malafaia, irmão do pastor Silas Malafaia.

O movimento marca a entrada oficial de Silas Malafaia na política. O político é criticado por usar a Igreja em Crista como trampolim para eleger diversos políticos no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espirito Santo.

 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *