Saiba quem é Besouro Pagodinho, internauta preso após viralizar com vídeos xingando moradores do Maranhão

Foi preso nesta segunda-feira (24), José da Silva Frazão, mais conhecido como Besouro Pagodinho, por calúnia e difamação no Estado de São Paulo.

Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, o homem, que é natural da cidade de Bacabal, no Maranhão, é conhecido por divulgar vídeos nas redes sociais ofendendo várias cidades da região do Médio Mearim e do Vale do Pindaré, entre elas, a cidade de Santa Inês.

A investigação se iniciou com ameaças, desacato e injúrias proferidas pelo autor contra policiais da Delegacia Regional de Zé Doca. Além disso, a equipe também investiga o homem por proferir discursos racistas e homofóbicos em um vídeo publicado em suas redes sociais.

No vídeo, gravado em São Paulo, José afirma que se candidataria a deputado federal para dividir o Maranhão, e do Estado “seriam expulsos os gays, lésbicas e os pretos”.

Diante dos fatos, o homem foi preso pela Polícia Civil do Maranhão em parceria com a Polícia Civil de São Paulo. Ele se encontra à disposição da justiça e as investigações continuam. A Justiça ainda irá decidir se ele irá responder pelos crimes de calúnia e difamação em São Paulo ou no Maranhão.

Besouro Pagodinho é ex-porteiro de prédio e atualmente trabalha como ajudante de eletricista de uma empresa terceirizada da construção civil na cidade de São Paulo.

José da Silva Frazão Neto já se envolveu em outras polêmicas no ano de 2020 e 2021 quando fez diversos áudios e vídeos ofendendo os moradores de Codó, Bacabal, Alto Alegre do Maranhão e São Luis Gonzagano, também no Maranhão. Seus vídeos são carregados de mensagens preconceituosas, homofóbicas e racistas.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.