Roseana Sarney entra em contagem regressiva para assumir comando do MDB

O braço maranhense MDB deve marcar para meados de junho a convenção extraordinária por meio da qual a ex-governadora Roseana Sarney assumirá a presidência do partido no estado, mantendo na vice-presidência o deputado Roberto Costa, que representa a ala jovem da agremiação.

A mudança foi acordada há algumas semanas e colocará ponto final nas três décadas presidência do ex-senador João Alberto, o mais longevo chefe partidário do Maranhão em tempos recentes.

Roseana Sarney tentou assumir o comando do MDB no final de 2018, após sofrer dura derrota nas urnas como candidata ao Governo do Estado. Naquele momento, a Ala Jovem do partido, que tentara impor um projeto mais arrojado de renovação partidária, reagiu negativamente, gerando uma prolongada crise nas fileiras emedebistas. A conciliação começou em meados de 2019, quando a Ala Jovem lançou Roseana Sarney para a Prefeitura de São Luís. Ela não aceitou a candidatura, mas baixou a guarda para uma grande conciliação, que culminou no início do ano, quando um acordo lhe assegurou a presidência do partido a partir de junho.

Um dos itens do acordo é que Roseana Sarney suspenderá a aposentadoria para de novo encarar as urnas, agora como candidata a deputada federal. Nesse contexto, o MDB dificilmente lançará candidato ao Governo do Estado ou ao Senado, devendo participar de uma grande aliança de um projeto de candidatura. Há, porém, quem aposte que esse cenário que move o MDB agora pode mudar à medida que a corrida presidencial for se definindo. (Repórter Tempo).

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *