Rodrigo Maia troca o DEM de ACM Neto pelo PSD de Kassab

Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara dos Deputados, deixará o DEM e se filiará ao Partido Social Democrático (PSD) do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Acompanhará assim o atual prefeito Eduardo Paes, do Rio.

Kassab está empenhado em tentar construir uma candidatura a presidente da República que sirva de alternativa às de Bolsonaro e Lula. No momento, o nome possível é o do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MG), que para isso também sairia do DEM.

ACM Neto, presidente do DEM, ficará em maus lençóis com a saída de Maia. Restarão poucos nomes de peso no seu partido – entre eles, Ronaldo Caiado, governador de Goiás, Teresa Cristina, ministra da Agricultura e Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania.

Candidato ao governo da Bahia no ano que vem, ACM Neto, ex-prefeito de Salvador, enfrentará o senador Jaques Wagner (PT), que já governou o Estado por oito anos, sendo sucedido por mais oito anos pelo atual governador Rui Costa (PT).

Será uma parada indigesta para ACM Neto, tanto mais se Lula, de fato, concorrer como tudo indica à vaga de Bolsonaro. Outra perda indigesta para o DEM será a de Rodrigo Garcia, vice-governador de São Paulo, que se filiará ao PSDB de João Doria. (Metrópoles)

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *