Roberto Rocha destruiu PTB do Maranhão em questão de horas

Foi um verdadeiro desastre o ingresso do senador Roberto Rocha para a presidência do PTB no Maranhão. A legenda foi completamente devastada em questão de horas fazendo todos deputados e pré-candidatos a deputado saírem imediatamente.

O PTB estava sendo dirigido pelo pré-candidato Lehesio Bonfin que conta com pelo menos 30 pré-candidatos a federal e estadual. Da mesma forma que fez com o PSDB, Roberto Rocha tomou o PTB com uma decisão vinda da executiva nacional, sem nenhum diálogo com os integrantes da legenda.

A atitude chamada de traição por Lahésio fez o deputado federal Josivaldo JP e os estaduais Pastor Cavalcante e Mical Damasceno saírem da legenda horas após a entrada de Roberto. Vários pré-candidatos também saíram do partido, entre eles o médico Allan Garcês e o pré-candidato ao Senado, Pastor Bel.

Todos os polícos foram claros em afirmar que o espírito desagregador de Roberto Rocha destruiu o projeto do PTB para as eleições de 2022 no Maranhão.

Na legenda sobraram apenas Roberto Rocha e seu filho Roberto Júnior, até então pré-candidato a deputado federal, mas que agora com o esvaziamento da legenda pode não mais disputar o pleito.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.