Rally que terminaria no Maranhão é cancelado após morte de piloto

O corpo do piloto de motocross Daniel Santos, de 36 anos, foi encaminhado para a sede da Perícia Forense (Pefoce) da cidade de Sobral, onde passará por exames nesta sexta-feira (28) para tentar identificar a causa da morte. Ele foi encontrado morto em Granja, no interior do Ceará, um dia após desaparecer. As autoridades aguardam a chegada da família, de Espírito Santo, ao local.

Daniel participava de um rally que aconteceria entre Parnaíba, no litoral do Piauí e o Maranhão, porém ele desapareceu na noite de quarta-feira (26). A última etapa do evento foi cancelada em razão das buscas pelo piloto. Conforme a organização do Rally Cerapió, as circunstâncias da morte ainda não foram identificadas.

Daniel foi encontrado deitado, em uma área de trilha e não apresentava sinais de violência no corpo, nem de acidente ou de possíveis crimes, segundo a nota emitida pela organização do evento. A moto estava em pé, com o capacete ao lado. “Toda a equipe do Rally Cerapió se solidariza aos familiares e amigos de Daniel”, conclui a nota.

Além de piloto, Daniel era empresário, proprietário de uma loja de equipamentos de motocross . Ele deixa três filhas pequenas e a mulher.

“Não há clima entre os competidores, organização, nem condições físicas do time de resgate para dar sequência ao evento”, informou a organização em comunicado oficial.

A operação contou com a presença de agentes das forças de segurança do Ceará e do Piauí, além de moradores que conheciam a região.

Postagens relacionadas

One thought on “Rally que terminaria no Maranhão é cancelado após morte de piloto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.