Pastor que organizou motociata para Bolsonaro posta vídeo e se diz arrependido

O pastor Jackson Vilar, organizador da motociata em apoio ao presidente Jair Bolsonaro que ocorreu em São Paulo, há dois meses, usou as redes sociais para expor sua frustração com o recuo do chefe do Executivo em suas críticas ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em um vídeo divulgado nas suas redes e logo depois apagado, Vilar diz que em São Paulo “nós temos o calça apertada e em Brasília temos o calça frouxa”. Na sequência, o pastor chamou Bolsonaro de “traidor da pátria”.

“Onde já se viu mandar recuar? Eu fui processado várias vezes defendendo o Bolsonaro, mas agora eu te digo: eu não acredito mais”, afirmou Jackson.

O bolsonarista arrependido ainda aproveitou o vídeo para elogiar Zé Trovão, sugerindo que o agitador seria um bom nome para a Presidência da República.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *