Partido expulsa vereador Dr. Jairinho após prisão por morte de enteado

O partido Solidariedade anunciou, no início da tarde desta quinta-feira (8), que vai expulsar, de forma sumária, o vereador Jairo Souza Santos Junior, o Dr. Jairinho, da sigla.

Antes, pela manhã, o partido informou que iria afastá-lo. O anúncio foi feito em nota após ele ter sido preso pela investigação do caso Henry Borel.

“Diante dos novos fatos revelados, a Executiva Nacional do Solidariedade, em conjunto com a Estadual do partido, resolve expulsar, de forma sumária, o vereador Dr. Jairinho”, anunciou o partido.

Henry foi encontrado morto no dia 8 de março no apartamento em que Monique vivia com Jairinho. O casal foi preso por indícios de homicídio duplamento qualificado – com emprego de tortura e sem chance de defesa para a vítima.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *