Nelma Sarney é derrotada pela terceira vez para a presidência do Tribunal de Justiça

A desembargadora Nelma Sarney perdeu pela terceira vez consecutiva a eleição para a presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). A eleição aconteceu nesta quarta-feira (2).

Nelma foi derrotada pelo desembargador Paulo Velten por 18 a 12. Em 2017, ela foi derrotada por 16 votos a 10 pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos. Em 2019 perdeu para o atual presidente Lourival Serejo, por 16 votos a 14.

Nelma Sarney é cunhada do ex-presidente José Sarney e nora do deputado federal Edilázio Júnior. Sua derrota para o desembargador Paulo Velten foi comemorada pelo Palácio dos Leões.

 

LEIA TAMBÉM: Fragilizado e abatido, Weverton Rocha perde apoio da deputada Cleide Coutinho

LEIA TAMBÉM: Deputado afirma que PDT fará oposição a Carlos Brandão

LEIA TAMBÉM: MDB deve reforçar pré-campanha de Brandão e garantir mais tempo de TV e rádio

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.