“Lula passou 20 anos dizendo que Alckmin era o Satanás”, afirma Ciro Gomes

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) atacou, nesta terça-feira (1), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a possível chapa entre o petista e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido). De acordo com Ciro, Lula passou a vida inteira chamando o ex-tucano de “Satanás”.

“O Lula quer que todo mundo esqueça como ele pegou o país e como ele entregou, com a Dilma. Ele quer passar uma lavagem cerebral para que a gente esqueça que ele passou vinte anos dizendo que o PSDB e o Alckmin eram o ajuntamento do Satanás. Todo mundo era contra eles. E agora ele tá fazendo um grande conchavo para ver se tira o povo da jogada. O que aconteceu: o mesmo partido, do Lula, e o mesmo agente, a Dilma, levaram o povo para o consumo e depois quebraram o país”, afirmou Ciro durante entrevista para a rádio Máxima, de Guaratinguetá (SP).

A possível aliança entre Lula e Alckmin é questionada dentro e fora do Partido dos Trabalhadores (PT). Uma ala da legenda enxerga a união como erro estratégico do ex-presidente, por acreditar que Alckmin representa a mesma figura que o ex-presidente Michel Temer (MDB) foi para a ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.