Luis Miranda afirma que deputados do Centrão se preparam para deixar barco de Bolsonaro

O deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) afirmou neste sábado que deputados do Centrão estão se preparando para deixar a base de apoio do governo de Jair Bolsonaro. Segundo ele, isso foi dito por parlamentares governistas no mesmo dia em que ele prestou depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid sobre supostas irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

“Vários deputados do Centrão falaram que estão se preparando para deixar o barco”, disse Miranda durante entrevista. Isso seria uma reação ao escândalo da Covaxin. Miranda evitou, no entanto, citar nomes de deputados que teriam lhe relatado a intenção de deixar a base do governo.

O deputado federal e seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, denunciaram à CPI da Covid supostas irregularidades na compra da vacina. Em depoimento ontem, eles confirmaram ter avisado o presidente Jair Bolsonaro, há três meses, sobre suspeitas de corrupção na compra da Covaxin.

Eles relataram uma “pressão atípica” para acelerar a importação. Bolsonaro teria citado o deputado federal Ricardo Barros (Progressistas), líder do governo na Câmara, como o parlamentar que queria fazer “rolo” no Ministério da Saúde.

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) disse também que pretende encaminhar um ofício ao presidente do DEM, ACM Neto, pedindo a expulsão do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, por ele ter “mentido” no caso envolvendo supostas irregularidades na compra de doses da vacina indiana Covaxin.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *