Isaac Bardavid, dublador de Wolverine, morre aos 90 anos

Isaac Bardavid morreu nesta terça-feira (1), aos 90 anos. O dublador é responsável pela voz de Wolverine, do X-Men, do Tigrão do Ursinho Pooh, entre outros personagens de filmes e animações. O artista estava internado tratando um enfisema, doença degenerativa que agride os tecidos do pulmão, em um hospital de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Em post feito no Instagram do ator, a família informou: “O quadro hospitalar do Isaac estava ok, controlado, mas o pulmão resolveu parar de oxigenar o corpo, mesmo intubado, mesmo recebendo oxigênio pela máquina, os alvéolos não davam conta de transmitir o oxigênio recebido para o sangue. O sangue ficou ácido demais (com taxa de oxigênio muito baixa) e por conta disso o coração falhou. Os médicos tentaram reanimação, mas o corpo já está muito cansado”.

Bardavid também dublou a versão brasileira do Esqueleto, vilão da franquia He-Man, Odin (Anthony Hopkins) em produções da Marvel Studios, Capitão Haddock em As Aventuras de Tintim, Freddy Krueger, em A Hora do Pesadelo, entre outros. Como ator, integrou o elenco de novelas como Escrava Isaura (1975), A Padroeira (2001) e O Cravo e a Rosa (2000). Seu trabalho mais recente foi no filme e série Carcereiros (2021). Nas redes sociais, ele recebeu várias homenagens, lembrando seu trabalho como ator e dublador – muitos postaram fotos e vídeos do encontro dele com Hugh Jackman, o intérprete de Wolverine no cinema.

 

LEIA TAMBÉM: Rally que terminaria no Maranhão é cancelado após morte de piloto

LEIA TAMBÉM: Planeta fora do Sistema Solar tem atmosfera semelhante à Terra, diz estudo

LEIA TAMBÉM: Ganhadores de prêmios da loteria deixam de retirar R$ 491 milhões em 2021

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.