Indianos seguem em navio ancorado na costa de São Luís após tripulante ser detectado com cepa

Após mais de 14 dias em quarentena dentro do navio MV Shandong da Zhi, os 23 tripulantes precisarão se submeter a mais dias na embarcação porque um deles testou positivo para a Covid-19.

Esse tripulante está isolado em uma das cabines, segundo a Anvisa, e ainda não há confirmação se o ele está com a variante indiana do coronavírus. A embarcação segue ancorada a cerca de 50 km da costa maranhense.

Em outra região de São Luís, 40 indianos que estavam cumprindo quarentena em um hotel já foram liberados. Segundo a SES, todos todos testaram negativo para Covid-19.

Além dos indianos que estão no Shandong da Zhi, um dos tripulantes, de 54 anos, foi enviado a um hospital de São Luís. Ele segue internado e isolado em UTI com o quadro de saúde estável, após ter sido diagnosticado com a variante indiana B.1.617. No entanto, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), não há transmissão local dessa variante em território maranhense.

O tripulante internado chegou a ser entubado no dia 22 de maio, após apresentar piora no quadro clínico. O indiano está internado desde o dia 14 de maio no hospital, quando o navio Shandong da Zhi, chegou ao litoral maranhense vindo da Malásia. (G1)

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *