Governo Bolsonaro leiloa aeroportos de São Luís e Imperatriz

A Companhia de Participações em Concessões pagou R$ 754 milhões pela concessão dos aeroportos de São Luís, Imperatriz, Goiânia, Teresina, Palmas e Petrolina. O leilão aconteceu nesta quarta-feira (07), e foi promovido pelo Ministério da Infraestrutura.

A companhia é Integrante da CCR, grupo com atuação nos segmentos de concessão de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços.

O leilão do Governo Federal concedeu 22 aeroportos à iniciativa privada por até 30 anos. O valor das outorgas ficou em R$ 3,3 bilhões.

Ao todo, foram três blocos concedidos: Sul, Norte I e Central, que devem receber R$ 6,1 bilhões em investimentos ao longo dos próximos 30 anos.

O lance que mais surpreendeu foi o do lote Central, com a oferta do grupo CCR de R$ 754 milhões. O valor é 9.156% maior que o lance mínimo previsto pelo governo. A disparidade entre o valor atribuído pelo governo e pela empresa vencedora pode indicar grande interesse das empresas ou que o lance mínimo pode ter sido estabelecido em patamar inferior ao considerado adequado.

O governo Bolsonaro promete ainda novos leilões, incluindo terminais do Porto do Itaqui, no Maranhão.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *