Fifa estuda possibilidade de realizar Copa do Mundo a cada dois anos

O formato atual da Copa do Mundo, que é disputada a cada quatro anos, pode estar com os dias contados. Entidade máxima do futebol, a Fifa estuda a possibilidade de realizar o maior torneio do esporte a cada dois anos.

Presidente da Fifa, Gianni Infantino é o principal interessado na mudança, que poderia levar mais seleções à fase final da competição, além da chance de mais países sediarem o torneio. Vale lembrar que a partir do Mundial de 2026 haverá o aumento de 32 para 48 equipes disputando a Copa do Mundo.

A Confederação Africana de Futebol (CAF) se mostrou favorável à mudança, o que garantiria 56 votos dos 211 possíveis em Congresso. O continente tem a intenção de receber o Mundial novamente, o que ocorreu somente em 2010. O Marrocos já foi candidato para as edições de 2006, 2010 e 2026, mas saiu derrotado em todas.

Se a mudança for aprovada, a Copa do Mundo passará a ser disputada a cada dois anos após o torneio de 2026, que será realizado nos três países da América do Norte (Canadá, Estados Unidos e México). Ou seja, a primeira edição seria em 2028.

Para o torneio de 2030, a América do Sul, com Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai, disputa a candidatura com a Europa, mais precisamente a Inglaterra. A Fifa, por sua vez, deseja expandir para o Reino Unido, contemplando País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte. Espanha e Portugal, em conjunto, também estão na briga. A candidatura africana poderia ser a escolhida em 2032, enquanto a Ásia, com a China como favorita, receberia o Mundial em 2034.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *