Doria diz que começará campanha eleitoral em 2 de abril com giro pelo Nordeste

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pré-candidato a presidente da República, afirmou em um evento virtual que começará a campanha eleitoral em 2 de abril com um giro pela região Nordeste do país.

“Eu tenho que me desligar do governo, eu tenho que renunciar no dia 31 de março. É a lei, é o que determina a legislação eleitoral brasileira. A partir do dia 2 de abril, estarei rodando o Brasil. E vou começar pelas regiões mais pobres e mais vulneráveis no Nordeste brasileiro, dialogando com a população e conhecendo ainda melhor os seus problemas”, declarou Doria nesta quinta.

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) referentes às eleições de 2020 mostram que a região Nordeste tem 40,6 milhões de eleitores, o que corresponde a 27% do total de eleitores do país. Em número de eleitores, ainda segundo os dados do TSE, o Nordeste está atrás somente da região Sudeste, que soma 64,7 milhões de eleitores (42,9%).

Ainda durante o encontro virtual, Doria foi questionado se há a possibilidade de formar uma chapa com Simone Tebet, senadora e pré-candidata do MDB à Presidência. Doria respondeu somente que Simone Tebet é um “dos grandes valores da política brasileira” e uma “brilhante senadora”.

O Blog da Natuza Nery informou que os presidentes do MDB, Baleia Rossi, e do PSDB, Bruno Araújo, começaram as discussões para formalizar uma federação dos partidos em 2022. Além da possibilidade de união com o MDB, o tucano também ressaltou que há conversas “mais intensas” para tratar de federação com o Cidadania e para possíveis alianças com o União Brasil.

 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.