Butantan conclui entrega das 46 milhões de doses da CoronaVac previstas no 1° contrato com Governo Federal

O Butantan entrega nesta quarta-feira (12) mais 1 milhão de doses CoronaVac, vacina contra Covid produzida pelo Instituto em parceria com o laboratório Sinovac, ao Ministério da Saúde. Com o carregamento, o Instituto completa as 46 milhões de doses previstas no primeiro contrato firmado com o Governo Federal.

As entregas começaram a ser feitas no dia 17 de janeiro. No cronograma inicial, ela seria finalizada no final de abril. Entretanto, problemas na liberação de insumos na China provocaram atrasos na produção e envio ao governo federal.

Na sexta (14), uma nova remessa deverá ser destinada ao Programa Nacional de Imunização (PNI), referente ao segundo acordo firmado entre o Instituto e o governo federal, para fornecimento de 54 milhões de doses.

Após esse envio, porém, não há previsão de quando o Butantan conseguirá fazer novas remessas. O Instituto suspendeu o envase por falta de insumo da vacina. A expectativa é a de que o Butantan receba um novo lote de matéria-prima até o próximo sábado (15).

Na segunda-feira (10), o governador João Doria (PSDB) disse que cerca de 10 mil litros de insumo produzidos pela Sinovac aguardam liberação para serem enviados ao Brasil. O governo paulista atribui os entraves na importação às constantes declarações contra a China feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *