Bolsonaro não lamenta as mais de 500 mil vidas perdidas para a Covid no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro não se manifestou sobre a marca de mais de meio milhão de mortos por Covid-19 no país. Em vídeo gravado e publicado neste sábado (19) em suas redes sociais, Bolsonaro apenas desejou sorte aos policiais que atuam no caso envolvendo Lázaro Barbosa, o serial killer foragido no Distrito Federal. O dia foi marcado por protestos em pelo menos 26 estados e em Brasília. As manifestações foram contra o presidente e a favor da vacina.

“Aos policiais que estão na captura do marginal Lázaro, que tem levado terror ao entorno de Brasília. Nós sabemos que esse bandido tem uma certa prática de andar na mata sem deixar vestígios. Mas sabemos também que nossos policiais, além da coragem, são tenazes e não descansarão enquanto não cumprir essa missão. Boa sorte a todos vocês. Tenho certeza que, brevemente, o Lázaro estará, no mínimo, atrás das grades. Um grande abraço”, afirmou Bolsonaro.

No início da tarde deste sábado (19), o total de mortos chegou a 500.022, segundo dados levantados pelo consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia no Brasil. Em números totais, o Brasil segue como o segundo país com mais mortes por coronavírus registradas, atrás apenas dos Estados Unidos, que esta semana superou a marca de 600 mil vítimas. A Índia aparece em terceiro, com mais de 380 mil óbitos.

Várias pessoas, artistas e políticos lamentaram a triste marca de mais de 500 vidas perdidas para a Covid-19.

Postagens relacionadas

One thought on “Bolsonaro não lamenta as mais de 500 mil vidas perdidas para a Covid no Brasil

  1. Porque o presidente tem que se manisfestar,ele não é culpado de nada as pessoal não tem respeito aqui no Maranhão é Bar lotado e festa pra todo lado querem que o presidente se manifeste não foi ele que lançou o vírus essa é minha opinião!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *