Bolsa cai e dólar aumenta após Bolsonaro anunciar aumento de imposto; presidente descumpriu mais uma promessa de campanha

O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, opera em forte queda nesta sexta-feira (17), após o governo elevar o IOF para financiar novo Bolsa Família e em meio ao tombo do minério de ferro. Às 12h25, o Ibovespa caía 1,95%, a 111.572 pontos. O dólar também sofre efeitos da medida e opera em alta, cotado acima dos R$ 5,30.

O presidente Jair Bolsonaro, ao assinar o decreto para aumentar o imposto, contrariou uma promessa de campanha e discursos que ele mesmo fez ao longo do mandato. Em diversas ocasiões desde 2018, Bolsonaro disse que não aumentaria impostos. O IOF é o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários.

Bolsonaro aumentou as alíquotas tanto para pessoa física quanto para jurídica. A intenção do presidente é que o reajuste banque o incremento que ele pretende dar ao Bolsa Família. Bolsonaro busca reverter a queda na sua popularidade, às vésperas de um ano eleitoral.

Ainda durante a campanha presidencial, o então candidato Jair Bolsonaro falou sobre impostos em uma entrevista ao SBT: “Não vai ter aumento de imposto, não vai ter CPMF, não terá nada disso”, disse Bolsonaro na ocasião.

Em 2 de agosto de 2020, durante um passeio de moto por Brasília, o presidente parou para falar com a imprensa. Na época, se discutia um novo imposto, que incidiria sobre transações eletrônicas. “Não tem aumento de carga tributária. Pode substituir imposto. Mas ninguém aguenta pagar mais imposto”, afirmou o presidente.

Durante a formatura de novos diplomatas, no Palácio do Itamaraty, em 22 de outubro de 2020, Bolsonaro se dirigiu ao ministro Paulo Guedes (Economia) para ressaltar que o governo não aumentaria impostos. “O nosso país, Paulo Guedes, o governo federal não aumentou impostos durante a pandemia e não aumentará quando ela também nos deixar”, reforçou Bolsonaro.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *