Atriz Eva Wilma morre aos 87 anos vítima de câncer

A atriz Eva Wilma morreu no final da noite deste sábado (15), aos 87 anos, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, vítima de um câncer no ovário que, disseminado, levou a uma insuficiência respiratória.

A artista estava internada desde o dia 15 de abril, inicialmente para tratar problemas cardíacos e renais. O câncer foi descoberto no último dia 7 de maio. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da artista.

Eva Wilma Riefle Buckup nasceu em 14 de dezembro de 1933 na cidade de São Paulo. Ela iniciou a carreira artística aos 19 anos, no Ballet do IV Centenário de São Paulo, abandonando a dança pouco depois, quando recebeu os convites para integrar o Teatro de Arena e o programa “Alô Doçura”, da TV Tupi.

Ao longo da carreira, Eva estrelou dezenas de novelas como “Meu Pé de Laranja Lima” (1971) e a primeira versão de “Mulheres de Areia” (1973), na qual interpretava as gêmeas Ruth e Raquel. Vinte anos depois, no remake da trama, os papéis foram feitos por Glória Pires. Eva também deu vida à vilã Altiva, de “A Indomada”, que rendeu vários prêmios para a atriz. Seu último trabalho para a TV foi em 2015, em “Verdades Secretas”.

Ao longo dos anos 1970, Wilma se tornou uma das principais estrelas da TV brasileira. Em setembro de 2020, a atriz comemorou 70 anos de carreira.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *