Aluísio Mendes deve trocar PSC para garantir reeleição em 2022

O deputado federal Aluísio Mendes deve trocar novamente de legenda e deixar o PSC para a disputa das eleições de 2022.

O motivo é a dificuldade imposta pelo fim das coligações que vai dificultar ainda mais a eleição de deputados.

Aluísio foi eleito em 2014 pelo PSDC com 50.658 votos e reeleito em 2018 pelo Podemos com 105.778 votos. Em 2019 assumiu o PSC, após a ida do agora prefeito Eduardo Braide para o Podemos.

Para que uma nova reeleição seja conquistada, Aluísio precisa estar em uma legenda que tenha em média 180 mil votos, e nesse cenário o PSC não garante estrutura necessária e nem condições para um número expressivo de votos.

Aluísio estará provavelmente na legenda que o presidente Jair Bolsonaro escolherá para disputar a reeleição.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *