Adrilles é demitido da Jovem Pan após gesto semelhante a saudação nazista

O comentarista político Adrilles Jorge foi demitido da Jovem Pan. A informação foi confirmada por ele no Twitter nesta quarta-feira (9). Na tarde passada, ele encerrou sua participação no programa “Opinião”, da emissora Jovem Pan News, com um gesto semelhante a uma saudação nazista.

No programa, com William Travassos e Diogo Schelp, era discutida a fala de Monark, ex-apresentador do Flow Podcast, que sugeriu que o Brasil poderia ter um partido nazista legalizado.

Adrilles encerrou a fala a respeito da polêmica com um gesto similar ao Sieg Heil, uma saudação nazista que, em alemão, significa “viva a vitória”. “Até sempre, tchau”, disse Adrilles, ao fazer o gesto, enquanto o apresentador e colega de bancada William Travassos já estava encerrando o programa. É possível vê-lo dizendo: “Surreal, Adrilles”.

Após a repercussão nas redes sociais, o comentarista da emissora, que pertence à rádio Jovem Pan, reclamou das acusações e disse ser alvo da “cultura do cancelamento”. “A insanidade dos canceladores ultrapassou o limite da loucura. Depois de um discurso meu veemente contra qualquer defesa de nazismo, Um tchau é interpretado como um (sic) saudação nazista. Nazista é a sanha canceladora que não enxerga o próprio senso assassino do ridículo”, escreveu na madrugada desta quarta (9/2) no Twitter.

 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.