Sucesso: Travessia Junina reúne milhares na Beira-Mar

Depois dos sucessos de público no Maranhão de Reencontros e na abertura do São João 2022 com um cortejo junino, foi a vez de, na tarde desse domingo (29), o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), oferecer ao público maranhense uma ação inédita: Travessia Junina.

Durante o percurso na ponte, a intervenção cultural contou com a participação dos bois de Maracanã (sotaque de matraca), de Ribamar (sotaque de matraca) e de Nina Rodrigues (sotaque de orquestra).

Cerca de 10 mil pessoas estiveram no evento, que teve como ponto de concentração a fachada do Museu Ferroviário e Portuário do Maranhão – abrigado no prédio da Reffsa. Dali, a multidão se deslocou para a ponte José Sarney – popularmente conhecida como ponte do São Francisco -, para literalmente ocupar a construção inaugurada em 1970 sobre o Rio Anil.

“Essa é a Travessia Junina. O governador Carlos Brandão orientou e a gente está cumprindo. São mais de 10 mil pessoas prestigiando a nossa ponte do São Francisco. Isso aqui virou mais um marco cultural. Esse é o governo do Estado dando de presente mais um evento cultural para a sua população”, pontuou o secretário de Estado da Cultura, Paulo Victor.

Devidamente interditada para veículos, o momento foi mais uma oportunidade para um público saudoso da mais tradicional manifestação artística e cultural do estado, dar boas-vindas ao maior São João do Maranhão, que começou de forma inovadora.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.