Salvador, Fortaleza e Belo Horizonte não terão festas de Réveillon

A prefeitura de Salvador afirmou nesta segunda-feira (29) que não terá festa de Réveillon neste ano no município. Além da cidade, o governo do Ceará já havia anunciado na sexta-feira (26) que estariam proibidos grandes eventos de Réveillon no Estado. Já a prefeitura de Belo Horizonte disse que “não planejou comemoração de Réveillon para a virada de ano”. Cidades como São Paulo e Rio de Janeiro continuam com suas programações de festa de fim de ano.

Segundo o prefeito da capital baiana, Bruno Reis (DEM), mesmo com o avanço da vacinação, o cenário de incertezas no momento por causa da pandemia levou à conclusão de que não há como realizar o Festival da Virada Salvador este ano com segurança sanitária para as pessoas.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), também justificou que a decisão de não realizar grandes festas de Réveillon é de “absoluta prudência, responsabilidade e respeito de forma prioritária à vida dos nossos irmãos e irmãs cearenses.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), se manifestou no sábado (27) em sua página no Twitter sobre a festa de Réveillon na capital cearense. “A prefeitura não fará o evento público neste ano.  O cenário internacional é preocupante. E estamos em alerta”, disse Sarto.

A prefeitura de Belo Horizonte disse que está permitida a realização de festas em espaços licenciados ou mediante licenciamento, desde que todas as pessoas sigam medidas sanitárias como apresentação do comprovante de vacinação completa.

O governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) e o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), ainda não se manifestaram sobre o assunto.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.